A IMPORTÂNCIA DE INOVAR NO DISPUTADO E BILIONÁRIO MERCADO DE FINTECHS, APLICATIVOS E RISCOS

É evidente que, em qualquer campo, seja ele pessoal, social ou empresarial, o maior risco é não arriscar, e embora pareça "clichê", a realidade é que em um mundo digitalizado ainda há quem avance, cauteloso, na face de inovação tecnológica. Porém, para as empresas, o ato de inovar é sinônimo de crescimento e, sobretudo, de sobrevivência.



Mas e se as empresas já nasceram tecnológicas? Refiro-me àqueles que oferecem um serviço financeiro abrangente e fornecem uma solução às necessidades dos consumidores que vão desde a compra, venda, investimento ou empréstimo em passos simples e com um clique de distância. Pelas suas características, o modelo de negócio em crescimento de Fintech atrai investidores e empreendedores, de forma que o sucesso e o crescimento estão garantidos. Será que é isso mesmo?



Imagine o tamanho desse segmento de serviços financeiros. Somente no primeiro trimestre de 2021 ocorreu o maior financiamento, globalmente, para as empresas Fintech com uma arrecadação de US$ 22,8 bilhões, superando o recorde anterior alcançado durante o segundo trimestre de 2018.


Na América Latina, as empresas Fintech registram um crescimento exponencial graças à demanda de milhares de consumidores que ainda não têm conta bancária. Brasil, Chile, Colômbia, México e Uruguai estão no Top 5 dos principais países da região, em um mercado que aproveita a oportunidade que o sistema financeiro representa a cada dia.


>> Gráfico em alta resolução abaixo mostra o disputado mercado de fintechs apenas no Brasil, conforme seus serviços e ramo de atuação:



Sem dúvida, a pandemia acelerou o uso e o crescimento dos aplicativos Fintech, mas eles não têm facilidade, estão integrados aos pouco mais de 4 milhões de aplicativos que existem no mundo, com diferentes alternativas para atender necessidades específicas, todos com objetivos comuns: atrair mais usuários e manter sua fidelidade. É assim que os números e os dados divulgados pelas consultorias são apenas uma parte do ecossistema das empresas de tecnologia financeira, Mas e a experiência que oferecem ao consumidor por meio de aplicativos? Como conseguem captar e reter o interesse de potenciais consumidores? O que torna um aplicativo Fintech o melhor?

A primeira impressão é a que fica! Como na própria vida, a primeira impressão é o que conta, especialmente porque 73% dos novos usuários Fintech desinstalam o aplicativo em uma semana. Estamos falando sobre aqueles primeiros segundos em que um visitante acessa a App Store ou Play Store. É ainda mais importante criar uma experiência memorável e amigável que não apenas forneça uma recepção calorosa, mas mostre os benefícios e incentivos que oferece. Estabelecer uma conexão imediata desde o "preview", desde histórias gráficas dinâmicas com paletas de cores vibrantes que representam confiança e solidez, levará o usuário a baixar o aplicativo. Por outro lado, é claro que os consumidores preferem um vídeo rápido de 30 segundos com características e benefícios principais do que gastar tempo lendo textos longos. Mas não se trata apenas de atingir o maior número de downloads, mas de manter a fidelidade do usuário. O compromisso dos aplicativos Fintech deve se concentrar em ter um conhecimento profundo de seus clientes, solicitar feedback, bem como coletar e aprender seus dados comportamentais. A retenção de usuários bem-sucedida requer uma compreensão dos hábitos novos e mutantes do consumidor. Um exemplo disso são os códigos QR - amados por alguns, odiados por outros -, que surpreendentemente são uma das grandes estratégias de retenção de usuários utilizadas durante a pandemia por alguns aplicativos de pagamento. Não é uma tecnologia nova, porém, seu fácil acesso beneficiou os clientes e os fidelizou. Em ambos os casos, a inovação é vital. Dizemos isso o tempo todo: pode ser tentador ficar em nossa zona de conforto, mas o sucesso dos aplicativos Fintech envolve ficar à frente da curva, inovar constantemente, ficar de olho nas tendências do setor, aplicativos líderes, práticas recomendadas e assim por diante. A melhor aplicação de serviços financeiros tecnológicos é aquela que compreende e dá uma solução às novas necessidades e hábitos de consumo dos seus clientes. Tags: #HubInovaFema #Fema #Inovação #Ideias #NovosNegócios #Empreendedorismo #Consultoria #ConsultoriaDeInovação #Intraempreendedorismo #Business #Tecnologia #MetodolodiasAgeis #GestãoEficaz #CasesDeSucesso #Crowdsorcing #B2U #Universidades #Fintech #Fintechs #Bilionários #Aplicativos #MercadoFinanceiro #Mercados #Finanças #Análise #Perspectivas


2 visualizações0 comentário